Partidos criticam «frivolidade» do rei Juan Carlos

Caçada de elefantes no Botswana resultou na fratura da anca do monarca

Por: tvi24 / PO    |   14 de Abril de 2012 às 16:40
Partidos da oposição espanhola criticaram este sábado a viagem privada do Rei Juan Carlos ao Botswana, considerando-a exemplo de «frivolidade» e «falta de ética» na atual situação de crise económica que se vive em Espanha, escreve a agência Lusa.

O rei Juan Carlos de Espanha foi operado neste sábado de madrugada em Madrid a uma fratura na anca direita, depois de uma queda durante uma viagem privada ao Botswana, informou a Casa Real, em comunicado.

O coordenador geral da Esquerda Unida, Cayo Lara, considerou que com a sua viagem privada ao Botswana, o chefe de Estado e a Casa Real demonstraram «falta de ética».

Questionado pelos jornalistas à margem de uma iniciativa de comemoração do 81.º aniversário da II República, Lara adiantou que «não se pode dizer que os milhares de jovens desempregados tirem o sono ao chefe de Estado que continua a ir para um país africano matar elefantes».

Também o deputado Gaspar Llamazares, do mesmo partido, condenou a atitude do monarca.

«Andar por aí a caçar elefantes não é uma boa mensagem para passar em tempos de crise, nem tão pouco uma boa mensagem ecológica», disse.

O senador Iñaki Anasagasti do Partido Nacionalista Basco considerou que o acidente do rei ao Botswana mostra o «anacrónico de uma instituição opaca e perdulária» que vai «frivolamente de viagem» num contexto de crise e cortes financeiros.

Num artigo publicado no seu blog, o senador nacionalista quer saber o gasto real das viagens pessoais do monarca e porque que é que o Governo está «empenhado em montar uma Marca Espanha com este disparatado Burbón, chacota mundial».

Anasagasti questionou ainda porque é com «os seus achaques e situação familiar» não aproveita a comemoração do Dia da República para «abdicar de uma vez».

Com o rei hospitalizado, o príncipe Felipe assumirá os compromissos do monarca.
Partilhar
EM BAIXO: Letizia, Felipe e Juan Carlos - Abertura da X Legislatura no Parlamento Espanhol em Madrid Foto: Reuters
Letizia, Felipe e Juan Carlos - Abertura da X Legislatura no Parlamento Espanhol em Madrid Foto: Reuters
COMENTÁRIOS

PUB
OE2015: há 66 milhões de euros em medidas por explicar

Técnicos independentes que apoiam o Parlamento dizem que não é possível aferir «o grau de razoabilidade» de algumas poupanças. Há previsões rodeadas de «elevada incerteza». Necessidades de financiamento são superiores aos limites de endividamento previstos. E, mais uma vez, é a receita - leia-se, impostos - que mais pesa no ajustamento