Partidos criticam «frivolidade» do rei Juan Carlos

Caçada de elefantes no Botswana resultou na fratura da anca do monarca

Por: tvi24 / PO    |   14 de Abril de 2012 às 16:40
Partidos da oposição espanhola criticaram este sábado a viagem privada do Rei Juan Carlos ao Botswana, considerando-a exemplo de «frivolidade» e «falta de ética» na atual situação de crise económica que se vive em Espanha, escreve a agência Lusa.

O rei Juan Carlos de Espanha foi operado neste sábado de madrugada em Madrid a uma fratura na anca direita, depois de uma queda durante uma viagem privada ao Botswana, informou a Casa Real, em comunicado.

O coordenador geral da Esquerda Unida, Cayo Lara, considerou que com a sua viagem privada ao Botswana, o chefe de Estado e a Casa Real demonstraram «falta de ética».

Questionado pelos jornalistas à margem de uma iniciativa de comemoração do 81.º aniversário da II República, Lara adiantou que «não se pode dizer que os milhares de jovens desempregados tirem o sono ao chefe de Estado que continua a ir para um país africano matar elefantes».

Também o deputado Gaspar Llamazares, do mesmo partido, condenou a atitude do monarca.

«Andar por aí a caçar elefantes não é uma boa mensagem para passar em tempos de crise, nem tão pouco uma boa mensagem ecológica», disse.

O senador Iñaki Anasagasti do Partido Nacionalista Basco considerou que o acidente do rei ao Botswana mostra o «anacrónico de uma instituição opaca e perdulária» que vai «frivolamente de viagem» num contexto de crise e cortes financeiros.

Num artigo publicado no seu blog, o senador nacionalista quer saber o gasto real das viagens pessoais do monarca e porque que é que o Governo está «empenhado em montar uma Marca Espanha com este disparatado Burbón, chacota mundial».

Anasagasti questionou ainda porque é com «os seus achaques e situação familiar» não aproveita a comemoração do Dia da República para «abdicar de uma vez».

Com o rei hospitalizado, o príncipe Felipe assumirá os compromissos do monarca.
PUB
EM BAIXO: Letizia, Felipe e Juan Carlos - Abertura da X Legislatura no Parlamento Espanhol em Madrid Foto: Reuters
Letizia, Felipe e Juan Carlos - Abertura da X Legislatura no Parlamento Espanhol em Madrid Foto: Reuters
COMENTÁRIOS

PUB
Clássico termina sem golos

Benfica e FC Porto terminou num nulo: um daqueles nulos que não deixam nada na mesma. Resultado mantém os encarnados com três pontos de vantagem sobre os dragões na liderança da Liga, também em vantagem no confronto direto. No Benfica, Salvio chegou a integrar a lista de convocados mas não foi opção, enquanto no FC Porto Lopetegui procedeu a várias alterações no onze