O diretor nacional dos serviços de informações norte-americanos, James Clapper, afirmou, esta terça-feira, que os artigos publicados pelo jornal francês Le Monde sobre as atividades de espionagem dos Estados Unidos em França «contêm informações imprecisas e enganosas».

Além disso, «a informação segundo a qual a Agência de Segurança Nacional (NSA) recolheu mais de "70 milhões de registos de dados telefónicos de cidadãos franceses" é falso», disse James Clapper, sem desenvolver.

O Le Monde noticiou, esta segunda-feira, com base em documentos da NSA, revelados pelo ex-consultor Edward Snowden, uma espionagem massiva em França, onde, num período de 30 dias ¿ entre finais de 2012 e princípios de 2013 ¿, foram intercetados 70,3 milhões de comunicações de franceses.