Um jovem de 18 anos morreu afogado numa pedreira abandonada, no Reino Unido, ao final da tarde de domingo. De acordo com a imprensa britânica, Cameron Lancaster saltou de uma parede de pedra para uma pedreira abandonada coberta com água, numa tentativa de realizar de uma maneira diferente o «desafio do banho público». O desafio implica tomar um banho com um balde de água como parte da campanha viral a favor da investigação da Esclerose Lateral Amiotrófica.

Em comunicado citado pelo «Daily Mail», a polícia limitou-se a informar que está em curso uma investigação «para determinar as circunstâncias do que aconteceu».

Cameron Lancaster passou o domingo com amigos na pedreira situada na região de Fife, na Escócia. Por volta das 17:00 de domingo (a mesma hora em Portugal), a polícia foi chamada ao local. Testemunhas afirmam que o jovem saltou para a pedreira numa versão diferente do desafio do balde de gelo: optou por saltar para a água gelada ao invés de despejá-la sobre a cabeça.

Ainda não se sabe como o jovem se afogou. As equipas de emergência foram enviadas para o local, mas o corpo de Cameron Lancaster só foi encontrado por volta das 21:00, após quatro horas de buscas.

O local onde ocorreu o acidente é popular entre os jovens, que costumam fazer saltos na água. De acordo com os moradores da região, muitos adolescentes costumam ir à pedreira para realizar os saltos que são filmados e publicados na Internet.