A polícia do Equador encontrou na quarta-feira seis pessoas mortas numas termas da província de Imbabura, no norte do país, aparentemente por inalação de gases tóxicos.

O incidente ocorreu na localidade de Tangali, informou o diário «El Telégrafo» na sua edição online.

De acordo com informações preliminares, as vítimas terão viajado da província de Canar (sul) para as termas para realizar um antigo ritual de cura, atendendo a que a polícia encontrou no local velas, ovos, ervas e outros materiais usados nesse género de cerimónia.