Um tribunal do Cairo ordenou, esta terça-feira, o encerramento da antena da Al-Jazeera no Egito e três outras televisões islamitas, incluindo a Ahrar 25, da Irmandade Muçulmana, segundo fontes judiciais citadas pelas agências internacionais.

Os outros canais a encerrar são as emissoras islamitas Al-Yarmuk e Al-Quds, segundo a decisão do tribunal.

Segundo as fontes, as cadeias televisivas «não tinham as autorizações necessárias» e difundiram informações «incorretas que prejudicam o país e todos os egípcios».