O aparelho, que aterrou em segurança na capital do Sri Lanka, Colombo, estava a cerca de 600 quilómetros da cidade quando os pilotos lançaram o pedido de emergência.

“Os pilotos acionaram o código de emergência May Day, May Day, e ativámos os nossos serviços de emergência e trouxemos o aparelho para terra em segurança”, disse a chefe dos serviços de navegação, Crishanthi Tissera, à AFP.

Segundo um porta-voz da companhia, à espera do avião estavam bombeiros e equipas de emergência.

“Fomos informados que há uma falha técnica com o aeroporto e que o avião vai fazer uma aterragem de emergência. Ninguém ficou ferido e está uma investigação em curso”, afirmou a mesma fonte.

A companhia revelou que os passageirsos foram reencaminhados para outros voos da Emirates.