Um menino camaronês morreu, na segunda-feira, depois de ser atropelado por um veículo da comitiva da embaixadora dos Estados Unidos na ONU, Samantha Power, que visita a região no âmbito da luta contra o Boko Haram.

O acidente foi noticiado pelos meios de comunicação dos Camarões antes de a própria da embaixadora americana o confirmar, em declarações à imprensa em Maroua, no norte do país. A embaixadora lamentou a morte da criança e apresentou as "condolências à família", de acordo com fonte do Departamento de Estado norte-americano. 

A diplomata explicou que um veículo da sua comitiva “atingiu um menino”, de sete anos, que, apesar “da assistência médica imediata, morreu pouco tempo depois”. O menino terá corrido para a estrada, não dando hipóteses ao condutor do jipe, que circulava a cerca de 90 quilómetros por hora, de parar, segundo as agências.