Os congressistas republicanos do estado da Florida Ileana Ros-Lehtinen, Mario Díaz-Balart e Carlos Curbelo manifestaram hoje a sua oposição à reabertura da embaixada de Cuba nos EUA e nomeação de um embaixador.

"De agora em diante os espiões cubanos têm uma base nos Estados Unidos, que é a nova embaixada cubana”, disse Curbelo durante uma conferência de imprensa em Miami.


"Esta é uma das polícias externas mais irresponsáveis levadas a cabo nas últimas décadas. Obama insiste em abraçar um governo inimigo dos Estados Unidos, um governo que continua a apoiar o terrorismo”, acrescentou Curbelo.

A embaixada dos Estados Unidos em Cuba reabriram, segunda-feira, no edifício onde se encontra atualmente a Secção de Interesses norte-americana no país, e o governo cubano abriu a embaixada em Washington, depois de décadas de conflitos.