O eurodeputado Bill Etheridge, do partido nacionalista do Reino Unido, UKIP, incentiva os jovens do partido a utilizar as habilidades oratórias de Adolf Hitler nos seus discursos.

Citado pelo jornal britânico «The Telegraph», Etheridge considera Hitler um bom mentor de oratória e uma personagem «magnética e contundente», responsável por «grandes conquistas».

«Não digo para o copiarem, mas que atentem aos pequenos detalhes», disse Etheridge, de 44 anos, que elogia a capacidade do ditador em conseguir que o público «esperasse para o ouvir falar» e se mantivesse atento «a cada palavra», quando começava os seus discursos.

Apesar de estar a ser alvo de fortes criticas pela posição que toma, o eurodeputado esclareceu que não se revê em Hitler, apenas aprecia a sua capacidade de cativar uma audiência.

«Hitler era um tirano horrível, mas isso não significa que não fosse bom a falar em público», disse, à SkyNews.

O político ainda acrescentou que a par de Alof Hitler podia dar outros exemplos igualmente fortes na oratória como Tony Blair, Martin Luther King e Ronald Reagan.

«Todos eles são excelentes oradores em público», afirmou Etheridge.