Michelle Obama esteve esta terça-feira no programa "The Ellen DeGeneres Show" e até ajudou a apresentadora Ellen a apresentar o talk show. A poucos meses de deixar a Casa Branca, Michelle falou do quanto vai ser difícil despedir-se dos funcionários da residência oficial da presidência dos Estados Unidos e do que vai ter mais saudades.

São, na verdade, as pessoas. Estas são as pessoas que nos ajudaram a criar os nossos filhos. Eles amaram-nos e tomaram conta de nós”, confessou.

A primeira-dama admitiu ainda que as filhas não estão preparadas para abandonar a casa onde cresceram durante estes oito anos, mas elogiou a personalidade de Sasha e Malia.

Estou muito orgulhosa por serem jovens mulheres dignas, espertas e inteligentes”, afirmou.

Malia deverá tirar um ano sabático antes de entrar na universidade, enquanto Sasha vai continuar no colégio onde estuda em Washington.

Na mesma entrevista, a mulher de Barack Obama explicou ainda como foi ser primeira-dama dos Estados Unidos.

Uma das coisas que senti nesta posição é que todas as primeiras-damas sentem um certo nível de pressão. Esta é uma grande plataforma e tu não queres estragar tudo. Por isso, não quero comparar a minha experiência à de nenhuma outra primeira-dama”, explicou. “Eu sei que há crianças a verem-nos. Elas veem o que dizemos, o que fazemos.”

Esta foi a terceira vez que Michelle Obama esteve no programa de Elle DeGeneres.