Um chefe de distrito foi morto, esta sexta-feira, numa assembleia de voto no sul de Madagáscar, algumas horas depois do início da primeira volta das eleições presidenciais, indicou uma fonte governamental à agência France Presse.

«Em Benenitra, cerca das 07:30 (05:30 em Lisboa), um chefe de fokontany (distrito malgaxe) foi morto na assembleia de voto. As pessoas entraram em pânico, o que interrompeu as eleições. Mas mudámos a assembleia de voto e a votação já foi retomada», indicou a mesma fonte.

Foram registados dois outros incidentes, o rapto de uma pessoa numa assembleia de voto na circunscrição de Bezaha (sul) e o incêndio de uma outra assembleia em Tsaratanana (norte).