As primeiras projeções, após encerramento das urnas, apontam para uma vitória de Theresa May nas eleições gerais desta quinta-feira, mas sem maioria absoluta. O Partido Conservador, de Theresa May, deverá conseguir 314 assentos no Parlamento, dos 650 disponíveis. Fica a 12 deputados da maioria absoluta que atualmente detém. O Partido Trabalhista, de Jeremy Corbyn, deverá conseguir 266 deputados. 

A confirmarem-se estes resultados, o cenário político no Reino Unido transforma-se numa incógnita. Certo é que estas previsões apontam para uma fragilidade de Theresa May, numa altura em que precisa precisamente de credibilização para a negociação do Brexit. 

Face aos resultados alcançados em 2015, o Partido Conservador pode ter perdido 17 assentos parlamentares. Continua a ser o partido com maior representatividade em Westminster, mas com um resultado pouco confortável, se as projeções se confirmarem.

E se Theresa May é já apontada como a grande derrotada da noite, a confirmarem-se os resultados da projeção, o Scottish National Party (SNP), de Nicola Sturgeon, é apontado como uma instituição “em colapso”, pelos meios de comunicação britânicos. O SNP deverá ficar-se pelos 34 deputados, o que significa menos 22 assentos do que em 2015. A projeção aponta ainda para uma perda de influência do SNP na própria Escócia.

Os Liberais Democratas, de Tim Farron, deverá conseguir a eleição de 14 deputados.

Conservadores 314; Trabalhistas 266; SNP 34 e Lib Dem 14 – O cenário traçado logo após o encerramento das urnas pela projeção da BBC, ITV e Sky News aponta assim para um Parlamento britânico muito dividido e para uma May com débeis condições para governar. A expressão mais usada agora no Reino Unido é “Parlamento em suspenso”.

Primeiros resultados apurados dão vitória aos trabalhistas

Quatro horas depois do fecho das urnas, estavam apurados mais de 160 círculos eleitorais, com uma vitória dos trabalhistas. O Labour já tem garantidos 82 lugares no Parlamento britânico, alguns deles "roubados" aos conservadores, que têm 68. 

Os nacionalistas escoceses tinham eleitos, cerca das 02:30, 13 deputados.

 

Libra sofre forte derrapagem

Logo após a divulgação destas projeções, a Libra sofreu uma forte queda face ao dólar.

Apesar de as sondagens não apontarem para isso, os corretores pareciam esperar uma maioria absoluta, ainda que apertada, de Theresa May na Casa dos Comuns.

Logo após a divulgação das projeções, a libra caiu para 1,2792 dólares.