O partido do presidente Bashar al-Assad e os seus aliados venceram as eleições legislativas que se realizaram na quarta-feira nas zonas da Síria controladas pelo regime, anunciou a comissão eleitoral este domingo.

Segundo os resultados oficiais, o partido Baas, no poder há meio século, elegeu a grande maioria (200) dos 250 deputados ao parlamento pela aliança União Nacional, integrada pelo partido do regime e aliados.

A taxa de participação foi de 57,56%, segundo a comissão eleitoral, citada pela agência oficial síria, Sana.

O escrutínio não se realizou em todo o território sírio, o Governo só recolheu os votos da população nas províncias que não são controlas pelos rebeldes. Os 250 membros escolhidos para a Assembleia do Povo são, por isso resultado da contagem de votos nas províncias de Damasco, Aleppo, Homs, Hama, Lattakia, Idleb, Tartous, Raqqa, Deir Ezzor, Hasaka, Daraa, Sweida e Quneitra. A Síria não realizada eleições legislativas desde 2012.