Carlos Vianna tem 62 anos. Vive em Portugal há um quarto de século e é uma figura proeminente entre a comunidade brasileira deste lado do Atlântico. Em 1991, esteve na fundação da Casa do Brasil de Lisboa, instituição de que ainda é dirigente.

Vianna, engenheiro de profissão, fez parte dos movimentos estudantis de 1968, lutou contra a ditadura no Brasil e esteve também no movimento que deu origem ao Partido dos Trabalhadores (PT), pelo qual se candidata Dilma Rousseff.

Em conversa telefónica com o
tvi24.pteleições do Brasil deste domingo



Dilma sem «sombra» e com «luz própria»









Pagar para ser candidato









Afastamento mais notório fora de fronteiras