O Partido Popular, de Mariano Rajoy, vence as eleições europeias em Espanha. O PP conseguiu um total de 26,03% dos votos. Os socialistas do PSOE totalizam 23,04% dos votos dos eleitores. A Esquerda Plural aparece em terceiro lugar com 9,99% dos votos.

A grande surpresa em Espanha é a eleição de cinco deputados do partido Podemos, constituído por ativistas e membros de vários movimentos sociais.

As eleições Europeias 2014 em Espanha ficam, desde já, marcadas pelo homicídio de Isabel Carrasco, presidente do Partido Popular em León.

Espanha é membro da União Europeia desde 1986. Nas primeiras eleições em que participou, em 1989, 54,71% dos eleitores espanhóis exerceram o seu direito de voto. Em 2014, 44,70% do eleitorado foi às urnas.