Mais de metade dos eleitores afegãos votaram este sábado nas eleições presidenciais, as primeiras após a transferência de poder das forças internacionais, que se se prolongou durante 13 anos.

Segundo o responsável da comissão eleitoral Ahmad Nuristani, o número de votantes deve superar os sete milhões numa população total com 13.5 milhões de eleitores.

De acordo com a AFP, apesar das ameaças dos talibãs a participação nas eleições foi elevada, com longas filas de eleitores em todo o país.