O primeiro-ministro da Ucrânia, Arseni Iatseniuk, disse-se este domingo confiante na formação de uma coligação de governo pró-europeia, ao votar em Kiev nas primeiras eleições legislativas após a deposição do presidente pró-russo Viktor Ianukovich.

Eleições na Ucrânia: o que está em causa para a Europa?

«Esperamos que quanto antes se forme uma nova coligação e se apresente um novo governo e um novo primeiro-ministro», disse Iatseniuk aos jornalistas, citado pela agência EFE.

O primeiro-ministro, líder do partido Frente Popular, manifestou também a expetativa de que as eleições, «ainda que parcialmente, respeitem os padrões democráticos», porque a Ucrânia «tem de se aproximar da Europa».