Sete pessoas foram mortas a tiro e uma outra ficou ferida hoje nas Filipinas na sequência de uma emboscada a uma coluna de viaturas, pouco antes da abertura das urnas para as eleições gerais no país, indicou a polícia.

Homens armados abriram fogo contra um jipe e dois motociclos antes do amanhecer na cidade de Rosario, a sul da capital filipina, Manila, informou o inspetor-chefe Jonathan del Rosario, citado pela agência AFP.

Desconhece-se o motivo do ataque.

Contudo, o incidente teve lugar na província de Cavite, que foi identificada pelas autoridades eleitorais como uma “zona de preocupação” devido às rivalidades políticas, indicou del Rosario, porta-voz de uma ‘task force’ especial, incumbida de monitorizar a violência eleitoral.

Mais de 54 milhões de filipinos são chamados às urnas hoje para eleger o Presidente, senadores, governadores provinciais, autarcas e outras autoridades locais.

O novo chefe de Estado irá substituir Benigno Aquino (2010-2016) para um único mandato de seis anos e a cerimónia de posse terá lugar no dia 30 de junho.