Pela primeira vez na história da França, um partido de extrema-direita ganha as eleições. A Frente Nacional, dirigida por Marine Le Pen, vence as Europeias de 2014 com 25,40% dos votos.

O UMP, partido de centro-direita, vem atrás com 21,00% dos votos e em terceiro lugar, está o Partido Socialista, de Hollande, com 14,50% dos votos.

Os fracassos de François Hollande contra a austeridade em França, a crise que se tem vindo a instalar no país, o aumento do desemprego e a diminuição do poder de compra foram alguns dos aspetos que deram força à direita francesa. Depois da vitória, Le Pen pediu a dissolução do Parlamento francês.

França é um dos países fundadores da CEE, atual União Europeia. Nas primeiras eleições da comunidade europeia, em 1979, 63,71% dos franceses deslocou-se às urnas. Este ano, 43,50% do eleitorado exerceu o direito de voto.