Dois aviões da Força Aérea Suíça foram destacados para acompanhar um avião da companhia israelita El Al, na sequência de uma ameaça de bomba.

Segundo o jornal israelita Haaretz, que cita a Skyguide – a empresa que controla o espaço aéreo suíço -, dois F-18 escoltaram o Boeing 747, que partiu de Nova Iorque para Tel Aviv, quando este atravessou o espaço aéreo do país.

Os militares receberam ordens para manterem contacto visual com o piloto da voo LY002.

O avião israelita prosseguiu a viagem e aterrou em segurança às 12:44 (10:44 em Lisboa) no aeroporto Bem Gurion, o maior do país.

A companhia aérea informou que não foi encontrado qualquer objeto suspeito a bordo da aeronave.