O presidente francês, François Hollande, confirmou, esta quinta-feira, que o avião da Egyptair se despenhou. O aparelho desapareceu dos radares durante a madrugada, depois de entrar no espaço aéreo egípcio.

Hollande assegurou que nenhuma hipótese está a ser descartada para explicar o que aconteceu: “Temos o dever de apurar o que se passou. Nenhuma hipótese está a ser previligiada, mas também nenhuma está a ser colocada de lado”.

“Até a verdade ser apurada, temos o dever retirar todas as conclusões, quer seja um acidente, quer seja um ato terrorista”, disse.

O presidente francês assegurou ainda que as autoridades francesas e egípcias estão a “enveredar todos os esforços para que as famílias possam ser acompanhadas”.

Veja também: 

A Procuradoria da Paris anunciou, entretanto, a abertura de um inquérito ao incidente com o avião da Egyptair, confirmando que “nenhuma hipótese foi descartada” quanto às causas.