Uma égua de raça lusitana deu à luz dois potros gémeos numa quinta em Cercedillha, em Espanha.

O nascimento de gémeos é “raro no mundo equestre” já que as éguas só “costumam parir uma cria com sucesso”, explicaram fontes municipais à Europa Press

Uma égua ter um parto gemelar é algo “pouco comum”, porque, nestes casos, “o normal é morrer a mãe ou então os três”, garantiram as mesmas fontes, existindo também a hipótese de o animal abortar durante a gestação. 

As pequenas crias, um macho e uma fémea, encontram-se saudáveis e foram batizadas de Cruz e Crucita por terem nascido no dia 3 de maio, dia em que se celebra a Festa da Cruz. 

Os potros são de raça lusitana, tal como a mãe.