Pelo menos três pessoas ficaram feridas hoje no Egito na sequência da explosão de bombas de fabrico artesanal em estações de metro do Cairo, informaram as autoridades egípcias.

Os engenhos explosivos, detonados perto da hora de ponta, eram «muito básicos» e tinham «pouca potência», disse fonte policial à agência AFP.

Os feridos, todos ligeiros, foram registados na estação de metro de Shubra al Jeima, a norte da capital, de acordo com agência oficial Mena, que indica que um segundo artefacto, colocado na estação de metro de Gambra não provocou vítimas.