O jornalista colombiano Edgar Quintero foi assassinado a tiro na segunda-feira por um homem armado na cidade de Palmira, em Valle del Cauca, de acordo com a imprensa local.

Quintero, de 57 anos e vinculado à emissora Radio Luna de Palmira, foi baleado quando se encontrava numa padaria na companhia de outros colegas.

Segundo testemunhos, foram disparados pelo menos sete tiros contra o jornalista, que dirigia o programa «Notícias e algo mais».

O comandante da polícia de Palmira, William López Castro, disse não se saber ainda o motivo por detrás da morte do jornalista, acrescentando que nem os donos da emissora nem os familiares de Quintero tinham conhecimento de que este tivesse recebido ameaças de morte.