Kate Middleton foi mais uma vez fotografada a usar roupas «low cost». A princesa foi visitar um centro de crianças em Brookhill, no sudeste de Londres, com um vestido de apenas 63 euros.
As imagens enviadas para os media fizeram tanto sucesso entre o público feminino que a peça em questão, um vestido pré-natal, esgotou em poucos minutos. Quem confirma a informação é um porta-voz da ASOS, a loja online onde o vestido estava disponível.

Kate Middleton já se mostrou adepta de visuais «low cost» em muitas outras ocasiões, usando peças de roupa de poucas dezenas de euros.

Em junho do ano passado, a princesa comprou um vestido em saldos para levar a uma visita ao Museu Marítimo de Greenwich. A peça, que inicialmente custava 233 euros, foi comprada pela princesa por 154.



Também durante a primeira gravidez, a duquesa de Cambridge apareceu em público com um vestido da marca Top Shop, uma cadeia britânica «low cost». Ainda assim, por cima do vestido, Kate utilizava um casaco da marca Goat, que tem um valor de venda aproximado dos 800 euros.



Em 2011, no dia seguinte ao casamento, a princesa foi fotografada a sair do Palácio de Buckingham, ao lado de Harry, com um vestido da Zara no valor de 50 euros.



Mesmo antes de se tornar princesa, Kate Middleton já tinha mostrado a versatilidade e a amplitude de custos do seu guarda-roupa. Para a lua-de-mel comprou roupa numa loja de rua em Chelsea. Em quatro peças, a princesa terá gasto apenas 254 euros.

Na altura, os funcionários da loja contaram ao «Daily Mail» que a princesa apareceu na loja sem aviso prévio e que «é muito simpática».

Em todas as ocasiões, as peças utilizadas por Kate Middleton esgotaram em pouco tempo, uma prova de que a princesa de Cambridge quebra o protocolo real, marca tendências e aproxima-se cada vez mais das mulheres comuns.