A justiça francesa condenou esta terça-feira uma revista cor-de-rosa a pagar mais de 100 mil euros por danos e juros ao príncipe William e à mulher, Kate, por ter publicado fotografias da duquesa de Cambridge em ‘topless’.

A diretora da redação e o diretor de publicação da Closer foram ainda condenados a pagar uma multa de 45.000 euros pelo tribunal penal de Nanterre (oeste de Paris), neste caso, que chocou a família real britânica.

A duquesa e o marido, segundo na ordem de sucessão ao trono britânico, irão receber cada um mais de 50.000 euros de danos e juros, abaixo dos 1,5 milhões de euros que pediam.

A notícia surge um dia depois de o Palácio de Kensington ter confirmado que Kate Middleton e o príncipe William estão à espera do terceiro filho. Os duques de Cambrige já têm dois filhos: George, de quatro anos, e Charlotte, com dois anos