Um cómico de Hong Kong, que há anos se dedica a imitar o líder norte-coreano, tem sido visto e fotografado nos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, onde já foi confundido com o verdadeiro Kim Jong-un.

De acordo com o jornal de Hong Kong South China Morning Post, o falso Kim causou especial sensação no jogo das meias-finais de basquetebol masculino disputado pela Espanha e pelos EUA, em que as câmaras registaram imagens do homem a agitar uma bandeira da Coreia do Norte.

Com o mesmo fato preto e o penteado de Kim Jong-un, o duplo do líder norte-coreano, de nacionalidade australiana, mas nascido e residente em Hong Kong, também tirou fotos com atletas e modelos na cidade carioca.

"Alguns acham divertido, outros acreditam que sou ele de verdade", disse o duplo ao South China Morning Post.

O mesmo duplo afirma que no Brasil também já foi confundido com PSY, o artista sul-coreano que ficou mundialmente famoso com a música "Gangnam Style".

O artista, que não revela a verdadeira identidade e diz para o chamarem de Howard, começou a imitar o líder norte-coreano em 2013.

Nesse mesmo ano protagonizou um anúncio para a televisão israelita em que ameaçava lançar uma bomba nuclear sobre o país, mas acabava por mudar de opinião depois de provar um hambúrguer da marca promovida na publicidade.

Hong Kong, que compete independentemente da China nas Olimpíadas, não conseguiu qualquer medalha até à data, enquanto a Coreia do Norte arrecadou sete até agora (duas de ouro, três de prata e duas de bronze), em provas de halterofilismo, ginástico, tiro e ténis de mesa.