O líder do braço da Al Qaeda no Iémen foi alvo de um ataque com drone da CIA, na semana passada, avança o The Washington Post, apesar de as autoridades norte-americanas não terem confirmado que foi morto.

No entanto, fonte da Al-Qaeda na Península Árabe confirmou, via mensagem de vídeo, que  Nasir al-Wuhayshi foi morto no ataque.

Wuhayshi “foi morto num ataque norte-americano com ‘drone’ que o tinha como alvo, tal como dois outros ‘mujahedeen’ [combatentes]”, que também morreram, indicou o homem que leu o comunicado no vídeo.

A Al-Qaeda na Península Arábica disse que escolheu Qassem al-Rimi como novo líder.

O grupo de Nasir al-Wuhayshi foi responsável por várias conspirações contra os Estados Unidos, incluindo uma tentativa de fazer explodir um avião comercial no dia de Natal de 2009.

Fontes norte-americanas disseram ao jornal que estavam a rever a informação recolhida ligada ao ataque de 09 de junho, que atingiu Wuhayshi e outras posições da Al-Qaeda na Península Arábica.