O presumível narcotraficante colombiano Álvaro Viveros Rendón, aliás, «Príncipe», alvo de um pedido de extradição dos Estados Unidos por tráfico de droga, foi detido em Bogotá, informaram, esta terça-feira, fontes oficiais.

Segundo as autoridades, o suspeito, detido numa operação policial, liderava uma organização no sul e no Caribe colombiano.

Essa organização exportava cocaína, através de lanchas rápidas, da zona costeira do Caribe colombiano para a América Central e Estados Unidos, onde o grupo contava também com uma estrutura para a distribuição dos estupefacientes.