Quase 500 homens ficaram esta segunda-feira presos na mina de carvão de Zasyadko, em Donetsk, na Ucrânia, segundo informa a RIA Novosti.

Várias fontes indicam que todos os homens já foram resgatados pelas equipas de salvamento.

«Quando a luz foi abaixo, estavam 496 homens lá em baixo. Neste momento estamos a preparar-nos para os resgatar em segurança», tinha avançado um ministro ucraniano à AFP.
 
Os mineiros terão ficado presos porque uma bomba atingiu a estação elétrica de Donetsk e deixou a mina sem energia. A RIA Novosti indica que este foi um ataque do exército ucraniano.

A região de Donetsk tem sido a mais afetada pelo conflito com os separatistas pró-russos.

A mina de Zasyadko já registou vários acidentes, o pior dos quais em 2007, quando 101 homens morreram numa explosão.