Os separatistas da região de Donetsk anunciaram este domingo que 89 por cento dos habitantes que participaram no referendo são a favor da independência e que 10 por cento manifestaram-se contra.

«Este pode ser o resultado final» disse Roman Lyagin, o líder da comissão eleitoral criada pelos separatistas para o referendo, aos jornalistas após o encerramento das assembleias de voto.

Donetsk foi uma das duas regiões a realizar o referendo pró-independência que é considerado «farsa» pelo governo de Kiev e cujos resultados não são reconhecidos pela União Europeia.