Uma ótima notícia. Foi assim que o presidente dos Estados Unidos da América reagiu ao anúncio de que a Coreia do Norte vai suspender os testes nucleares e de mísseis balísticos intercontinentais.

Pyongyang anunciou através da KCNA, a agência de notícias oficial do regime, que irá desmantelar as instalações nucleares no Norte do país “a partir do dia 21 de Abril”.

A decisão não manifesta uma vontade expressa de Kim Jong-un de se desfazer das armas nucleares que já tem, mas ainda assim Donald Trump e os países aliados dos norte-americanos na região mostraram-se satisfeitos.

Isto são ótimas notícias para a Coreia do Norte e para o mundo – grande progresso! Estou ansioso pelo nosso encontro”, escreveu no Twitter o presidente dos EUA.

 

Trump fez ainda referência à cimeira que, por sua iniciativa, o vai juntar a Kim Jong-un. O encontro, que deverá acontecer em maio ou em junho, será o primeiro na História entre um líder da Coreia do Norte e um chefe de Estado norte-americano.

UE sublinha "passo positivo e muito desejado"

A União Europeia (UE) considerou hoje “um passo positivo e muito desejado” o anúncio do líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, de que vai suspender os seus ensaios nucleares e de mísseis intercontinentais.

É um passo positivo e muito desejado no caminho que agora deve conduzir à desnuclearização completa, verificável e irreversível do país, em pleno respeito das suas obrigações internacionais”, afirmou a representante da diplomacia europeia, Federica Mogherini, num comunicado.

A decisão ocorre uma semana antes da prevista cimeira entre Kim e o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, a 27 de abril na zona militarizada que faz fronteira entre os dois países e que será a primeira reunião entre líderes coreanos em 11 anos.

Veja também: Santos Silva: decisão de Pyongyang é "muito boa notícia para o mundo"

Está igualmente prevista a realização, em finais de maio ou início de junho, de uma cimeira com o presidente norte-americano, Donald Trump, também centrada na desnuclearização da Coreia do Norte.

A União Europeia espera com interesse as próximas reuniões”, adiantou Mogherini, fazendo votos para que as “iniciativas de alto nível continuem a gerar confiança e mais resultados, concretos e positivos”.

A Coreia do Norte anunciou na sexta-feira à noite que suspendeu os testes nucleares e o lançamento de mísseis de longo alcance e que tem planos para encerrar as suas instalações de testes nucleares.