Como foi possível que Donald Trump tenha sido eleito Presidente dos EUA? O que falhou na candidatura Hillary? Faz sentido que a democrata tenha tido mais dois milhões de votos que o republicano, mas não seja ela a sucessora de Obama? Como fica o legado de Obama depois disto? Devemos temer uma presidência Trump ou será que virá aí uma surpresa positiva? Que consequências para a Europa e para o resto do mundo? A política americana nunca mais será a mesma?

Estas e muitas outras questões estarão em debate na FNAC Chiado, em Lisboa, na próxima segunda-feira, 21 de novembro, a partir das 18.30 horas, em evento que terá o livro sobre Hillary Clinton e as eleições presidenciais de 2016 -- publicado uma semana antes do ato eleitoral, escrito pelo jornalista Germano Almeida, autor da rubrica do site TVI24, “Histórias da Casa Branca” -- como mote para reflexão alargada sobre este momento de transição na América.

O evento terá um painel de luxo, com alguns dos maiores especialistas em política americana do nosso país, para lançar o debate sobre as consequências da eleição de Donald Trump e as razões para o falhanço da candidatura Hillary: Tiago Moreira de Sá (autor de vários livros sobre a América e professor na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa), José Gomes André (autor de vários livros sobre a América e investigador de Filosofia Política na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa), Sara Pina (professora auxiliar convidada da Universidade Lusófona, Consultora da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento e doutoranda do ICS-UL no uso da internet em campanhas eleitorais), Filipe Caetano (editor internacional TVI), Ricardo Alexandre (editor internacional RTP) e Catarina Carvalho (diretora das revistas da Global Media e luso-americana). 

Publicado uma semana antes do ato eleitoral, “Hillary Clinton – Nunca é Tarde para Ganhar” tem um título que aponta para o cenário que, na altura, era o mais provável. Contém o perfil e percurso da primeira mulher a obter a nomeação presidencial de um grande partido do sistema, aborda a história da mais imprevisível corrida eleitoral norte-americana das últimas décadas e tem ainda contributos exclusivos de políticos, investigadores e jornalistas norte-americanos e portugueses.

A obra tem prefácio do jornalista Francisco Sena Santos e posfácio de Philip J. Crowley (porta-voz do Departamento de Estado dos EUA entre 2009 e 2011) e Maria Cardona (comentadora CNN e ‘senior advisor’ da campanha presidencial de Hillary Clinton em 2008). 

Este é o terceiro livro sobre política americana do jornalista Germano Almeida, depois de “Histórias da Casa Branca” (maio 2010, prefácio General Loureiro dos Santos) e “Por Dentro da Reeleição” (abril 2013, nota de abertura do Embaixador Allan Katz), sempre com edição da Prime Books.