Dois antigos Presidentes do México, Felipe Calderón e Vicente Fox, compararam o norte-americano aspirante a candidato à Casa Branca Donald Trump a Adolf Hitler.

Calderón, do conservador Partido de Ação Nacional e Presidente do México entre 2006 e 2012, considerou no sábado que Trump está a alimentar o antiamericanismo em todo o mundo e que o discurso anti-imigração do milionário é direcionado para "os migrantes que têm uma cor diferente da dele".

"E isso é francamente racista", disse Calderón a jornalistas na Cidade do México, para quem o multimilionário está a explorar os medos sociais como "o próprio Hitler fez no seu tempo".

O mesmo pensa Vicente Fox, que foi chefe de Estado entre 2000 e 2005.

"Lembra-me Hitler. Foi assim que ele começou a falar", disse.

Também a atual Presidência do México, liderada por Enrique Pena Nieto, já considerou os comentários de Donaldo Trump "preconceituosos e absurdos".

Recorde-se que Donald Trump defendeu a construção de um muro entre o México e os Estados Unidos, para impedir que violadores e traficantes entrem no país.