O primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Domingos Simões Pereira, vai dirigir uma mensagem ao país nesta quinta-feira, anunciou o gabinete do chefe de Governo, na sequência do clima de crise política que se vive no país.

Hoje, a partir das 09:00 (10:00 em Lisboa), o primeiro-ministro "irá ter vários encontros com líderes dos partidos políticos [com assento parlamentar] e comunidade internacional e no fim fará uma comunicação à Nação", refere o gabinete de Simões Pereira, em comunicado.

De acordo com fontes diplomáticas que vão participar nesses encontros, as reuniões devem decorrer durante toda a manhã.

Na quarta-feira, o presidente do prlamento da Guiné-Bissau, Cipriano Cassamá, disse que "o Governo está em perigo", depois de ter mantido uma reunião com o Presidente da República, José Mário Vaz.

"O que ouvi hoje [ontem] de manhã, eu não concordo. Há possibilidade de dialogarmos. A queda do Governo não é uma solução para este país", referiu perante os deputados na Assembleia Nacional Popular (ANP).