Um músico indiano conseguiu recuperar de uma patologia que lhe provocava espasmos musculares involuntários, depois de uma operação ao cérebro, realizada com o paciente acordado e a tocar guitarra.

Abhishek Prasad sofria de distonia, um distúrbio neurológico caracterizado por contrações e espasmos involuntários. A doença impedia-o de mexer três dedos da mão esquerda, que usa para tocar o instrumento. Submeteu-se a uma cirurgia, em Bengalaru, na Índia, que conseguiu recuperar os movimentos da mão.

Inicialmente, Prasad pensava que a súbita rigidez nos dedos se devia ao excesso de prática. Vários médicos receitaram-lhe analgésicos, vitaminas, antibióticos e fisioterapia para resolver o problema. Só após mais exames, um neurologista detetou que se tratava de distonia e recomendou a operação ao cérebro.

Antes da cirurgia, o músico de 37 anos terá realizado uma ressonância magnética, que ajudou os médicos a perceber onde podiam colocar elétrodos “para corrigir os circuitos dentro do cérebro”, explicou o músico à BBC.

Como Prasad estava acordado, o médico pediu-lhe para que tocasse guitarra, de forma a perceber em que parte do cérebro tinha de mexer.

Ele estava completamente acordado e o resultado foi visível durante a operação, porque os seus dedos começaram a mexer-se normalmente enquanto tocava guitarra”, disse Srinivasan.  

Depois da cirurgia, o paciente ficou com fragilidades na mão e perna esquerda, mas deverá voltar ao normal daqui a um mês.