Israel afirmou hoje que pediu desculpa pelo “deplorável comportamento” de um diplomata na sua embaixada em Singapura que terá utilizado uma bandeira da Cidade-Estado como toalha de mesa durante uma festa.

Segundo os media locais, o Ministério dos Negócios Estrangeiros de Singapura convocou o embaixador israelita depois de um relatório da polícia sobre o incidente ocorrido no domingo e de a identidade do diplomata ter sido revelada.

“A embaixada do Estado de Israel em Singapura ficou chocada ao tomar conhecimento do deplorável comportamento de um dos seus funcionários juniores e manifesta as suas sinceras desculpas”, diz um comunicado divulgado pela representação diplomática.