A líder do Partido da Independência do Reino Unido, UKIP, demitiu-se do cargo nesta terça-feira, apenas 18 dias depois de ter sido eleita para substituir Nigel Farage, segundo fontes partidárias citadas pela imprensa britânica.

Diane James foi eleita líder da formação eurocética em 16 de setembro, depois de Farage – uma das caras mais conhecidas da campanha pelo Brexit – se ter demitido a seguir à vitória em referendo da opção pela saída da União Europeia, dizendo que tinha cumprido a ambição da sua vida.

A Associação de Imprensa (Press Association), a Sky News e o jornal The Telegraph citaram fontes da direção do partido, dizendo que ela se tinha demitido, com as notícias a sugerirem que o teria feito devido aos problemas de saúde do marido.

Diane James, 56 anos, é eurodeputada e foi porta-voz do UKIP para o Interior antes de assumir a liderança.