Barack Obama interrompeu um discurso para evitar o desmaio de uma mulher que se encontrava atrás do púlpito no jardim da Casa Branca.

Karmel Allison, que sofre de diabetes, estava atrás do presidente, sentiu-se mal e quase desmaiou. Obama amparou a mulher e pediu que lhe fosse prestada assistência.

O presidente norte-americano ainda brincou com a situação dizendo que isto é o que acontece quando fala durante muito tempo.

Obama discursava sobre os problemas detetados no site do governo para inscrição no seguro de saúde, lançado no início do mês.

Allison é editora de ciências e dedica-se a biologia computacional na Universidade da Califórnia. Já recuperada, escreveu no Twitter que estava bem e que apenas sofreu uma ligeira tontura.