Os quatro militares norte-americanos detidos pelas autoridades líbias foram libertados, revelou fonte oficial dos Estados Unidos.

A fonte, citada pela agência AFP, confirmou apenas a libertação dos quatro soldados que segundo Washington estavam na Líbia para reforçar a segurança da embaixada norte-americana no país.

Nem as autoridades líbias nem as norte-americanas explicaram as razões da retenção ou detenção pelas autoridades da Líbia.