O ministro do Interior e Justiça da Venezuela, Gustavo González López, anunciou esta quarta-feira a detenção de um dos criminosos mais procurados pelas forças de segurança, após o resgate de reféns num bairro no oeste de Caracas.

Claudio Jiménez Gómez, de 32 anos, conhecido como “El Buñuelo”, é um “paramilitar”, “financiado por atores políticos da direita venezuelana”, afirmou o ministro ao canal estatal VTV.

“‘Buñuelo’ é responsável por pelo menos 30 homicídios e é procurado por crimes como roubo, sequestro, extorsão e atos lascivos contra as mulheres e menores de idade, entre outros delitos”, detalhou Gustavo González López, dando conta de que um polícia morreu durante a operação de captura do criminoso, ao ser atingido, segundo os meios de ocmunicação locais, por uma granada.