A polícia espanhola lançou um alerta através de redes sociais para obter informações que levem à localização de duas irmãs, de 13 e 14 anos, que terão fugido há mais de um mês de um centro de menores localizado na cidade de Cádiz.

As raparigas chamam-se Chenoa e Natalia Ortiz. Segundo relatam vários meios de comunicação espanhóis, os esforços da polícia intensificaram-se após uma nova denúncia, surgida após o desparecimento e assassínio do menino Gabriel Cruz, de oito anos, em Almeria.

As duas irmãs viviam no centro infantil Rebaño de María. Há pouco mais de um mês, terão saído à hora de almoço com duas educadoras. Da parte da tarde, ficaram nos seus alojamentos e à hora de se deitarem, tinham desaparecido.

A polícia espanhola solicita que qualquer informação que haja sobre as duas irmãs lhe seja comunicada.