Moçambique declarou esta quinta-feira que está livre de minas antipessoais, ao fim de mais de duas décadas de um programa de desminagem em todo o país, que era um dos cinco mais ameaçados do mundo por este tipo de engenhos.

"É com imenso prazer que tenho o prazer de declarar Moçambique como um país livre de minas antipessoais", afirmou em Maputo o ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação moçambicano, Oldemiro Baloi, durante o encontro de encerramento do programa de desminagem.