A Agência Meteorológica japonesa alertou a população para risco de réplicas do terramoto de 6,7 na escala de Richter, que assolou o centro do país este sábado, durante a próxima semana.
 
A agência advertiu ainda para a possibilidade de algumas serem fortes, havendo perigo de ocorrência de deslizamentos de terras nas zonas atingidas pelo sismo, devido à previsão de chuvas nos próximos dias.

O terramoto de sábado teve o seu epicentro em Hakuba, no centro de Nagano, a cerca de 200 quilómetros a noroeste de Tóquio, e feriu pelo menos 39 pessoas, sendo que dezenas de casas não resistiram à força do abalo e acabaram por ruir.