Pelo menos 131 pessoas morreram em deslizamentos de terras numa localidade nos arredores da capital da Guatemala, indicaram as autoridades no domingo, três dias depois do incidente.

“Infelizmente, um novo balanço revela 131 mortos confirmados”, cujos corpos foram recuperados, indicou o porta-voz dos bombeiros, Julio Sanchez.

Cerca de 300 pessoas continuam desaparecidas.

O desastre ocorreu na quinta-feira à noite em El Cambray II, no município de Santa Catarina Pinula, a 20 quilómetros da capital guatemalteca.