Autoridades de emergência médica confirmam a morte de 20 ocupantes de uma carrinha escolar que chocou com um camião, ao início da tarde, numa autoestrada sul-africana. O acidente rodoviário ocorreu na província de Mpumalanga, a norte da capital do país, Pretoria.

De acordo com as informações disponíveis, o minibus transportava cerca de 20 alunos. Chocou com um camião, explodiu e incendiou-se.

O serviço de emergência médica ER24 EMS adiantara antes informação sobre a morte de 17 alunos, divulgando através da sua conta na rede Twitter, imagens do desastre rodoviário.

Sete crianças salvas

Presente no local do desastre, o porta-voz dos serviços médicos de emergência, Russel Meiring, tem municiado a sua conta de Twitter com informações sobre o choque entre a carrinha e o camião, de causas ainda não apuradas, ocorrido ao início da tarde entre Verena, em Mpumalanga, e Bronkhorstspruit, na província de Gauteng.

Os paramédicos do ER24 chegaram ao local e viram que aproximadamente 20 crianças estavam dentro da carrinha que colidiu com o caminão. Quando as chamas foram extintas pelso bombeiros, os paramédicos descobriram que umas 13 crianças estavam presas dentro do veículo. Infelizmente, já nada podia ser feito por elas", escreveu o porta-voz na rede Twitter.

De acordo com a edição online do jornal sul-africano Sowetan, o porta-voz Meiring refere que o ministro provincial da Educação mencionou ir a caminho do local do acidente, considerando tratar-se de "um dia negro" para a região de Gauteng.

O ministro da Educação confirmou entretanto que sete crianças foram salvas das chamas que reduziram a carrinha a escombros.