O super tufão Meranti, que entretanto passou a depressão tropical, causou pelo menos 16 mortos à passagem pela China, havendo ainda outras 14 pessoas desaparecidas, conforme revelaram este sábado as autoridades locais.

Na província chinesa de Fujian, localizada em frente de Taiwan, morreram sete pessoas por causa do tufão, revela a agência oficial Xinhua.

Cerca de 331 mil pessoas foram realojadas em Fujian, onde as autoridades locais calculam estragos num valor equivalente a 222 milhões de euros.

O tufão, que antes passou pelo extremo sul de Taiwan, tocou em terra em Xiamen na quinta-feira, com ventos de 170 km/hora e chuvas torrenciais.

As inundações destruíram uma ponte de 871 anos no município de Yongchun. Mais de 3,2 milhões de lares tiveram corte de energia e fornecimento de água.