Foram encontrados os corpos de cinco dos seis alpinistas que desapareceram, no Monte Branco, nos Alpes franceses, esta terça-feira, avança a «Agência France Press». O guia do grupo continua desparecido.

O resgate aconteceu depois de uma equipa ter sido enviada até à Agulha de Argentière, uma montanha com cerca de 3900 metros de altitude, junto à fronteira francesa com a Suíça.

As identidades e nacionalidades ainda não foram reveladas, mas, segundo a imprensa francesa, os alpinistas faziam parte de um grupo organizado que participava numa iniciativa da União Nacional dos Centros de Desportos ao Ar Livre (UCPA).

O guia era considerado experiente, mas o grupo terá sido surpreendido pelo mau tempo que se verificou na noite de terça-feira.

Vários alpinistas morreram recentemente nas formações montanhosas do Monte Branco.

De acordo com a «AFP», entre 15 e 31 de julho morreram seis alpinistas na região, entre os quais dois irlandeses, dois finlandeses, um alemäo e um francês.