Um navio australiano equipado com um submarino não tripulado e tecnologia para detetar a caixa negra dirige-se para a zona de buscas do avião da Malaysia Airlines desaparecido a 8 de março, com 239 pessoas a bordo.

O Ocean Shield zarpou da cidade de Perth na segunda-feira e deverá demorar três dias a chegar à zona pretendida, situada a cerca de 1.850 quilómetros a oeste da cidade australiana de Perth.

«Temos uma semana, mas vai depender da temperatura da água, da sua profundidade e da pressão, bem como da duração da bateria», disse o ministro da Defesa da Austrália, David Johnston.

O sinal da caixa negra do voo MH370 tenderá a tornar-se cada vez mais fraco e pode deixar de emitir em breve.