Um total de 390 estruturas foram demolidas na cidade de Pedernales, província equatoriana de Manabí, uma das mais afetadas pelo sismo de magnitude 7,8 do passado dia 16 de abril, informou o Ministério do Interior.

“Em Pedernales demoliram-se 390 estruturas que representavam risco para a população. Setenta e três metros cúbicos de escombros estão a ser removidos”, assinalou o Ministério na sua conta de Twitter.

O sismo de abril, um dos mais fortes na história do país, causou 663 mortos e milhares de edifícios danificados.